Club de
Marília-Pioneiro

Campanha: sua meta nosso sucesso.

No último dia 15 maio, mais de 250 clubes brasileiros finalizaram a inserção de metas 2020-21 no Rotary Club Central e foram reconhecidos com um certificado emitido pelo RI Brazil Office. Como deve saber, as metas são o planejamento do sucesso do clube! Por isso, incentivamos que discutam quais ações e conquistas planejam para o novo ano rotário que se inicia em 1 de julho e Insira as metas 2020-21 o quanto antes. As metas para o ano entrante foram simplificadas e centralizadas no Rotary Club Central. É fácil e rápido! Materiais de referência: Guia de Planejamento Estratégico e o Rotary Club Central. Bom trabalho!

Postado em 22 de Maio de 2020

O uso correto da marca do Rotary, seguem as orientações

Como vocês já sabem, cada vez mais temos recebido casos de uso indevido do logo do Rotary em comunicações que não são feitas pelo RI e também para promoção de assuntos que não se relacionam com a organização.  Para tentar reduzir o número dessas incidências, preparei um texto instrutivo para que os rotarianos que ainda não sabem as regras de utilização possam ficar familiarizados com as mesmas e, ainda, para tentar reforçar a ideia de respeito ao uso da marca entre aqueles que já conhecem as regras, mas não as seguem. Peço a gentileza de divulgarem para os rotarianos de suas regiões. Sei que o assunto já é um tanto desgastado entre os representantes de IP, mas reforço a importância de que estejamos sempre repassando essa mensagem do uso correto do logo para reduzir os casos de uso inapropriado.  A última notificação que tivemos foi do uso do logo em comunicações que promovem o uso da cloroquina contra o coronavírus.  Vocês sabem, tão bem quanto eu, que o Rotary não se manifesta quanto a esse tipo de assunto, e ver o nome da organização nesse tipo de comunicação pode ser extremamente prejudicial a nossa marca. Por isso, reforço aqui o pedido de que instruam sempre que possível sobre o tema.  Seguem as orientações conforme texto abaixo: Logotipos do Rotary: você sabe como usar corretamente?  O Rotary é uma organização internacional que trabalha com projetos humanitários e proporciona a oportunidade de conhecer pessoas de diferentes áreas. Assim, você pode divulgar suas opiniões sobre diversos assuntos e colocar o logotipo da organização para dar mais força ao seu tema. Certo? Errado. Como toda organização, o Rotary também tem regras quanto ao uso de sua marca e se você as seguir, vai nos ajudar a ter uma comunicação mais efetiva com as pessoas dentro e fora do seu clube e distrito.  Então, o que eu posso e o que eu não posso fazer?  Vamos começar pela parte mais legal, o que você pode fazer. Você pode usar o logo do seu clube ou distrito para divulgar as atividades relacionadas a eles. Pode colocar o logo em anúncios de reuniões, convenções, webinares, palestras, projetos, etc. Resumindo: o conteúdo se relaciona a qualquer evento ou atividade que vai ser realizada por seu clube ou distrito? Então, pode usar o logo do mesmo.  Se você não souber onde encontrar ou como produzir o logo do seu clube ou distrito, você pode buscar as instruções no nosso Brand Center (https://brandcenter.rotary.org/pt-PT) ou entrar em contato direto com a equipe do escritório do Rotary no Brasil (https://rotary.org.br/contatos). Vale lembrar que os logos que podem ser usados por clubes e distritos são aqueles que levam a marca do Rotary e, ao lado, a assinatura do clube ou distrito.     O que eu não posso fazer?  Como associado do Rotary, é importante que você contribua para que nossa comunicação seja clara com todos os nossos públicos, por isso, pedimos que NÃO use o logo do Rotary (Marca Mãe – nome do Rotary e roda rotária) sem a assinatura do clube ou distrito em qualquer comunicação.  E por quê? Porque o logo do Rotary é usado para identificar as comunicações institucionais do Rotary International, ou seja, apenas as comunicações que representam a organização como um todo é que podem usar o logo do Rotary. Essas comunicações podem ser produzidas apenas pela nossa sede em Evanston ou pelos escritórios internacionais do Rotary.  Dessa forma, todos aqueles que receberem uma comunicação com o logo do Rotary saberão que se trata de uma mensagem oficial da organização. Isso torna nossos processos mais claros e nossa mensagem mais eficaz para nossos públicos internos e externos.  É importante destacar que a correta utilização do logotipo do Rotary não é apenas uma recomendação e, sim, faz parte do código normativo da organização, o qual todos os associados devem seguir:  Uso do emblema e outras Marcas do Rotary por entidades rotárias O nome “Rotary”, quando usado isoladamente, diz respeito à organização Rotary International como um todo, inclusive seus ideais e princípios. Todas as atividades, projetos e organizações de clubes, distritos, grupos multidistritais e outras entidades do Rotary devem incluir identificadores dos clubes, distritos, grupos multidistritais ou outras entidades do Rotary ao usar o nome “Rotary”, o emblema rotário ou outras Marcas do Rotary.  Como eu posso contribuir para tornar a comunicação do Rotary mais eficaz? Seguir a correta utilização do logotipo já é um bom começo. Utilizar o logo de seu clube ou distrito em suas mensagens ajuda o público a saber quem exatamente está organizando aquele evento, projeto ou atividade em que você está envolvido. É importante saber também que, como organização humanitária, o Rotary NÃO se pronuncia sobre questões políticas. Portanto, o nome da organização nunca deve ser usado para promover assuntos não relacionados a suas atividades. Isso inclui ainda não usar o logo da organização para promover datas comemorativas, apresentações, manifestações, uso de produtos e medicamentos ou quaisquer outros temas que não tenham o suporte institucional do Rotary. Se tiver dúvidas sobre o posicionamento da organização em relação a qualquer assunto, consulte o escritório do Rotary no Brasil (https://rotary.org.br/contatos). Seguindo essas instruções, você contribui para uma melhor divulgação do nome da nossa organização e do trabalho de seu clube e distrito.  Contamos com você! Ligeia Stivanin Coordenadora Regional de Imagem Pública Aurea Santos Especialista em Comunicação Rotary.org Telefone: 11.3217.  

Postado em 22 de Maio de 2020

Como apoiar os estudantes do Intercâmbio de Jovens durante a pandemia de covid-19

Pelos funcionários do departamento de Intercâmbio de Jovens e de Proteção a Jovens do Rotary International Enquanto o mundo enfrenta desafios extraordinários em meio à pandemia do coronavírus, os participantes do Intercâmbio de Jovens do Rotary também estão enfrentando desafios inusitados. O Rotary International está trabalhando com líderes de clubes e distritos para assegurar que a saúde e a segurança dos estudantes continuem sendo a maior prioridade, quer eles permaneçam no país anfitrião ou retornem para casa. Prezar pela segurança dos estudantes inclui oferecer apoio emocional àqueles que estão passando por uma experiência bem diferente do que esperavam. Para ajudar as pessoas envolvidas no programa, pedimos para dois líderes do Intercâmbio de Jovens compartilhar as melhores maneiras de apoiar os intercambistas durante esses tempos inusitados. Tom Overbaugh, ex-governador do Distrito 7170, conta que, ao optar por mandar os estudantes de volta para casa antecipadamente, o distrito chegou à conclusão de que também precisava oferecer apoio emocional, pois alguns jovens estavam com medo da viagem ou da quarentena. Ele compartilhou os conselhos que recebeu da dirigente de Intercâmbio de Jovens do seu distrito, Michele Hughes: Siga os conselhos do governo local e autoridades da saúde. Muitos alunos que voltarem para casa terão que ficar de quarentena (possivelmente isolados até de suas famílias) por um período de 14 dias. Este pode ser o maior desafio, já que, depois de um longo período de separação, os familiares querem ficar fisicamente próximos uns dos outros, e não socialmente distantes. No entanto, é importante reconhecer o potencial de exposição ao vírus, e seguir os conselhos do governo local e especialistas em saúde. Rematricule o estudante em sua escola local. Os pais dos intercambistas que voltarem para casa antecipadamente devem entrar em contato com seu distrito escolar para perguntar sobre a possibilidade de matriculá-los em cursos semestrais. A participação nas aulas dá aos jovens algo importante em que se concentrar, em vez de se preocupar com o retorno antecipado do intercâmbio. Fale com o estudante sobre sua experiência de intercâmbio. Depois que voltarem para casa, os intercambistas devem participar de uma sessão em grupo organizada pela Comissão Distrital de Intercâmbio de Jovens. Além de dar aos jovens a oportunidade de ouvir e compartilhar experiências e apoiar uns aos outros, a reunião fornece à comissão informações valiosas sobre como eles se sentem. Determine o tipo de apoio que os estudantes precisam. Nem todos os estudantes precisam do mesmo tipo de apoio emocional. Alguns se sentem mais à vontade falando com conselheiros escolares, enquanto que outros gostam de responder perguntas sobre sua experiência no intercâmbio. Pat Carson, coordenadora de estudantes outbound do Distrito 5080, compartilhou os seguintes conselhos: Preze pela saúde mental – A Comissão de Intercâmbio de Jovens do nosso distrito tem um conselheiro de saúde mental que contata cada estudante que volta para casa mais cedo para oferecer apoio. Esta assistência é muito importante, especialmente durante a atual crise de covid-19. Contate os estudantes após o intercâmbio – Contatamos todos os estudantes que retornaram para casa antecipadamente por meio de videoconferência para que possam compartilhar o que estão vivenciando e apoiar uns aos outros. Adapte-se à nova situação – É importante oferecer apoio às famílias anfitriãs e estudantes que ainda estão sendo hospedados em nosso distrito. Como os intercambistas não podem mais participar de reuniões presenciais, nós usamos as videoconferências para nos comunicarmos com eles. Embora este não seja o intercâmbio para o qual eles se inscreveram, após falar com as famílias e considerar todas as informações fornecidas pelo governo e autoridades da saúde, os pais de alguns dos nossos estudantes inbound decidiram deixar seus filhos continuar o intercâmbio e permanecer onde estão. Apoie as famílias anfitriãs – Diante da atual situação, é mais importante do que nunca apoiar as famílias anfitriãs. Como exemplo, eu estou hospedando um estudante que se mudou para nossa casa uma semana antes do distanciamento social ser colocado em prática. Como no momento não há atividades escolares ou sociais, estamos encontrando novas maneiras de nos manter engajados, seja praticando o idioma ou falando com amigos e familiares on-line. Muitas outras famílias anfitriãs podem estar vivenciando circunstâncias similares, portanto, não deixe de contatá-las regularmente.

Postado em 19 de Maio de 2020

Fundação Rotária e o Distrito 4510 doaram mais de R$ 270 mil reais aos clubes para o combate ao coronavirus

Visando o combate global a pandemia do coronavirus, a Fundação Rotária, passou a oferecer diversas opções para os rotarianos protegerem e auxiliarem as comunidades, locais e de outros países. O Subsidio para Assistência em Casos de Desastres estão sendo aprovados para a luta contra o Covid-19. Mais de US$ 3,9 milhões de dólares foram doados por meio de projetos para os distritos. O Distrito 4510, com a atuação do Governador Marcos Antônio Carchedi, 2019-20, e do Coordenador Distrital da Fundação Rotária, Ricardo de Maio Bermejo, Governador 2013-2014, conscientes da possiblidade de elaborarem um projeto, na qual a Fundação Rotária destinaria US$ 25 mil dólares, não mediram esforços e conseguiram a aprovação de um projeto. Os presidentes dos Rotary Clubs das maiores cidades do distrito, Bauru. Marília, Assis e Presidente Prudente, foram convocados pelo Governador, Marcos Antônio Carchedi, para que ouvissem as autoridades de saúde de seus municípios e verificassem quais seriam as principais necessidades de combate ao Covid-19. Estas cidades foram escolhidas devido as suas demandas serem maiores e por atenderem as cidades de suas regiões. O total dos valores aprovados pela Fundação Rotária de US$ 25 mil dólares, equivale a R$ 127.500,00 mil reais. O munícipio de Dracena por atender a uma microrregião teve o seu projeto aprovado pelo de Subsidio Distrital no valor de US$ 5 mil dólares (R$ 20.750,00) Os produtos doados aos clubes das cidades foram as seguintes: Em Assis, 12.750 máscaras de proteção individual, em Marilia, 1.500 máscaras, em Bauru, 10.000 Mascaras Cirúrgica Tripla com elásticos e em Presidente Prudente 12.750 Mascaras Tripla TNT. Para a Santa Casa de Dracena foram entregues aventais, luvas e óculos. O Coordenador Distrital da Fundação Rotária. Ricardo de Maio Bermejo, comentou que esta ação é “um reconhecimento a todos os rotarianos do distrito, que não medem esforços em fazerem o bem, em zelarem e desenvolverem importantes projetos para as suas comunidades. O Governador Marcos Antônio Carchedi, explicou que além destes valores doados pela Fundação Rotária, Subsídio em Assistência em Caso de Desastres e Subsídio Distrital, mais R$ 125.000,00, que seriam utilizados para a Conferência Distrital, foram repassados a 38 clubes, sendo o valor dividido por associado de cada clube, perfazendo uma per capita de R$ 145,00. “Nós acabamos contribuindo em doações, entre a Fundação Rotária e o Distrito, o valor R$ 273.250,00. O importante, é que todos os clubes foram beneficiados. Foi uma forma justa que envolveu a todos”, comentou Carchedi. O Rotary Conecta o Mundo, seus associados, parceiros e a humanidade, afinal #SomosPessoasEmAção.

Postado em 18 de Maio de 2020

ROTARY CLUBS DA CIDADE DE ASSIS DOAM EPIs PARA COMBATE AO COVID-19 PARA SECRETARIA MUNICIPAL DA SAUDE DE ASSIS

ROTARY CLUBS DA CIDADE DE ASSIS DOAM EPIs PARA COMBATE AO COVID-19 PARA SECRETARIA MUNICIPAL DA SAUDE DE ASSIS     Os associados dos Rotary Clubs da cidade de Assis (RC Assis; RC Assis-Norte; RC Assis-Fraternal e RC Assis do Vale e Rotaract), fizeram nesta quinta feira dia 14/05/2020, as 14h30 horas o ato solene de entrega de 12.750 MASCARAS DE PROTEÇÃO, para a SECRETARIA DA SAUDE DO MUNICIPIO DE ASSIS para serem distribuídas às entidades, hospitais, Santa Casa e Postos de Saúde e Hospital de Campanha na cidade de Assis, para os profissionais e atendentes de pacientes da pandemia COVID-19.   Este material foi um Projeto Global realizado pelo Distrito 4.510 de Rotary International, que atende a região de Assis, junto a FUNDAÇÃO ROTÁRIA, que é uma entidade com objetivo na  realização de projetos humanitários pelos Rotarianos do mundo.   A Fundação Rotária disponibilizou o equivalente a 6.250 dolares, totalizando a importância de R$31.875,00 (trinta e um mil e oitocentos e setenta e cinco reais) para a compra de EPIs: insumos e materiais a serem usados por profissionais e agentes de saude no combate da pandemia COVID-19, através de seu Projeto Global de Assistência em casos de Desastres-COVID-19. Este valor foi utilizado pelos 04(quatro) Rotary Clubs da cidade de Assis, na compra de Mascaras e entregues a Secretaria Municipal da Saúde de Assis para a distribuição às entidades, hospitais e santa casa.   “O Rotary mostra que neste momento o que mais importa é sermos unidos, para conviver com este problema de pandemia do corona vírus. Estes materiais entregue são de suma importância para a população Assisense e Região, pois estará contribuindo para amenizar os sofrimentos de pessoas no tratamento da COVID-19, MUITO OBRIGADO aos Rotarianos de Assis e a Fundação Rotaria” expressou “Adriano Romagnoli” Secretário da Saúde do Município de Assis.   Fizeram presentes neste ato solene, os presidentes dos Rotary Clubs da cidade de  Assis, Rotaract Club de Assis-Norte, Governador 2013-14 Ricardo de Maio Bermejo (atual coordenador distrital da comissão da Fundação Rotaria do D.4510) e o Governador Eleito 2020-21 Dr Nestor S. Amarilho, e companheiras e companheiros dos clubes da cidade de Assis, e funcionários municipais.   O ROTARY CONECTA O MUNDO!   Comissão Distrital da Fundação Rotaria – Distrito 4510 – Ano Rotário 2019-20  

Postado em 14 de Maio de 2020

Rotary: brasileiros se destacam no combate à Covid-19

Os membros do Rotary no Brasil vêm se destacando nas ações de combate à pandemia de coronavírus. Dos mais de 150 projetos aprovados para utilização do Fundo para Assistência em Casos de Desastres pela Fundação Rotária no mundo, o Brasil é o terceiro país com maior número de projetos aprovados até o momento, atrás apenas da Índia e dos Estados Unidos. Até o dia 20 de abril, o Brasil teve 20 projetos aprovados para utilização do fundo de desastres para a compra de equipamentos de combate à Covid-19, além de suprimentos para pessoas carentes. Com a falta de equipamentos de proteção individual (EPIs) para os profissionais de saúde nos hospitais, os projetos dos Rotary clubs se concentram na compra de materiais como luvas e máscaras cirúrgicas, face Shields (protetores faciais de plástico), materiais de higiene e outros itens necessários aos cuidados de médicos, enfermeiros e pacientes. Como destaca Mário César de Camargo, diretor do Rotary International, a pandemia mostrou a rápida capacidade de reação dos membros da organização no Brasil. “Quando surgiu a oportunidade, eles imediatamente se engajaram e, como a outorga do subsídio é na base do primeiro que chega é o primeiro que é servido, eles se colocaram bem na lista, e tiveram 20 dos 159 projetos que foram aprovados no mundo”, aponta.  Hipólito Ferreira, curador da Fundação Rotária, explica como a entidade modificou seus critérios e procedimentos para que os membros do Rotary de todo o mundo pudessem desenvolver e implementar projetos de combate à pandemia. “Quando se falava em assistência a desastres, se falava em tsunami, em excesso de chuvas, em coisas que fossem realmente destruidoras a partir do meio ambiente. E agora, a grande flexibilização foi determinar que a doença pode ser considerada também um desastre”, explica. Para possibilitar a implementação dos projetos, alguns processos foram modificados dentro da Fundação Rotária, como a dispensa da necessidade de fundos vindos de um parceiro internacional, e a possibilidade da utilização do Fundo Distrital de Utilização Controlada (FDUC) também para os projetos voltados à Covid-19. “O fundo de auxílio a desastres tem um procedimento que é praticamente aprovação default (padrão). A pessoa pediu dinheiro, ela recebe. A Fundação Rotária confia que o distrito* vá fazer uma aplicação devida desse dinheiro”, diz Mário César. “A Fundação Rotária, ao flexibilizar as regras, tornou tudo muito fácil”, avalia Hipólito. Até o momento, a Fundação Rotária já disponibilizou US$ 4 milhões para a realização de projetos de combate ao coronavírus no mundo, utilizando o Fundo para Assistência em Casos de Desastres. Cada projeto pode receber até US$25 mil para sua implementação. Com a alta cotação do dólar no Brasil, os projetos aqui realizados têm recebido uma média de R$ 127.500 cada. No total, os projetos realizados aqui com a utilização deste fundo já receberam cerca de US$ 500 mil ou R$ 2,55 milhões. Além dos projetos que utilizam o fundo de desastres, alguns distritos* também estão desenvolvendo projetos com a utilização de subsídios globais (que apoiam atividades internacionais maiores), também para a compra de EPIs, envolvendo valores de US$ 30 mil a US$ 52 mil cada. No total, a Fundação Rotária já disponibilizou mais de US$ 7,20 milhões para utilização em projetos de subsídios globais no mundo. Entre os projetos realizados no país, Mário César destaca o do distrito* 4420, que inclui a compra de oxímetros para hospitais do estado de São Paulo. O aparelho mede o nível de oxigenação na corrente sanguínea do paciente, alertando os médicos quando esse nível está abaixo do ideal. Hipólito aponta outra iniciativa de impacto, como a do distrito* 4760, que possibilita a compra de equipamentos de segurança para 26 hospitais em 22 cidades do estado de Minas Gerais, além da utilização da verba de sua conferência distrital em um projeto de subsídio global também para o combate ao coronavírus. Vale lembrar que, além das iniciativas realizadas com os fundos da Fundação Rotária, centenas de Rotary clubs de todo o Brasil têm se mobilizado diariamente com suas próprias verbas para a confecção e distribuição de equipamentos de proteção individual, cestas básicas e kits de higiene em um esforço conjunto para combater a propagação da doença do país. *Para quem não conhece a estrutura do Rotary International, regionalmente, os Rotary clubs são agrupados em distritos. Fonte: Blog Vozes do Rotary (leia a publicação original em https://rotaryblogpt.wordpress.com/2020/05/04/rotary-brasileiros-se-destacam-no-combate-a-covid-19/#more-2151)

Postado em 13 de Maio de 2020

Rotary Clubs de Bauru fazem doação de 10 mil máscaras para a Secretária de Saúde

Na tarde desta terça-feira (12), o Secretário de Saúde, Sérgio Henrique Antônio, reuniu-se com representantes de seis Rotary clubes da cidade de Bauru,  quando na oportunidade recebeu a doação 10 mil  máscaras cirúrgicas descartáveis. A doação faz parte da campanha PROTEJA QUEM PROTEGE, lançada pela Secretaria com o objetivo de arrecadar equipamentos para proteção dos profissionais de Saúde como medida de enfrentamento a pandemia de Covid-19. As máscaras são provenientes da Fundação Rotária, do Distrito 4510, de Rotary Internacional, peloa aprovação do projeto Subsídio e Fundo para Assistência em caso de Desastres;  De acordo com o presidente do Rotary Clube de Bauru Aeroporto, Marco Antônio Araújo, “por ser uma pandemia mundial, o Rotary Internacional está doando em projetos, US$ 3 milhões de dólares.. As máscaras representam uma ação de solidariedade dos Rotary Clubs para o município ."Aqui em Bauru nós somos em seis clubes, que nos unimos, cada um com sua parte, para fazermos esta colaboração. Queremos transmitir a nossa gratidão e respeito aos profissionais da saúde que estão empenhados neste trabalho de salvar vidas”, finalizou, Araújo. O Secretário de Saúde esclareceu dúvidas sobre a situação da pandemia e afirmou que as medidas estão sendo tomadas com base na preservação da vida. “As decisões parecem duras, mas estamos seguindo as determinações do governo estadual, apesar dos diversos obstáculos que temos enfrentado, como o afastamento de funcionários e as contratações emergenciais”. Participaram da reunião os presidentes dos Rotary Clubs de Bauru Norte, Parque das Nações, Vitória Régia, Aeroporto, Terra Branca e Rotary Clube de Bauru  Rotary monitora crise global relacionada ao coronavírus O Rotary está monitorando atentamente as atualizações e recomendações da Organização Mundial da Saúde e do Centro Norte-Americano de Controle e Prevenção de Doenças para garantir que as medidas mais apropriadas sejam tomadas visando a segurança dos nossos associados. Saiba como o surto do covid-19 está impactando as operações, eventos e associados do Rotary. Doe ao Fundo de Assistência em Caso de Desastres para ajudar Rotary Clubs a liderar iniciativas de recuperação, incluindo projetos relacionados à pandemia de covid -19. O Rotary Conecta o Mundo em suas ações, seus projetos e gestos de amor ao próximo.

Postado em 12 de Maio de 2020

Ver todos

1º Drive Trhu do Agasalho

Foi muito gratificante participar de mais este evento do Distrito 4510, com a união dos Oito Clubes de Rotary em Marília/SP, dedicando-se sem medir esforços, na coleta de agasalhos para ser distribuído junto aos moradores em situação de rua e famílias carentes. Uma ação em conjunto com a APCD que abriu as portas e o espaço de sua Unidade para receberem as doações e posteriormente ser efetuada a separação e seleção dos agasalhos. Quando nos unimos em favor do Bem, não há espaço para a omissão e descaso. Parabéns à todos que participaram e contribuíram de alguma forma para o sucesso deste evento. Deus abençoe. #gratidao #distrito4510 #rccoroados

Em 28/05/2020 por Rotary Club de Marília-Coroados

Campanha "Lápis do Amor"

Em parceria com o Colégio Objetivo de Assis/SP foram doados lápis, borrachas e lápis de cor à Associação Filantrópica "Nosso Lar" - Projeto SER (Serviço Especial de Reabilitação) que atende mais de 300 crianças e adolescentes de 0 a 18 anos. Este projeto visa a melhoria da qualidade de vida e inclusão social, valorizando o "ser integral" e as potencialidades da pessoa com deficiência. O Projeto SER atende a crianças e adolescentes de Assis e Região.

Em 26/05/2020 por Rotary Club de Assis Fraternal

Rotary Club de Adamantina faz doação de EPI´s à Santa Casa

Os associados ao Rotary Club de Adamantina fizeram, na tarde desta segunda-feira 25/05/2020, a entrega de 500 MÁSCARAS DE PROTEÇÃO e de 315 AVENTAIS à SANTA CASA DE ADAMANTINA para utilização por profissionais e atendentes de pacientes da pandemia COVID-19. A Aquisição desses materiais foi viabilizada pela destinação de verba aos clubes, através da governadoria do distrito 4510, representada pelo companheiro governador Marcos Carchedi. O Rotary demonstra que neste momento o que mais importa é estarmos conectados, todos juntos trabalhando e contribuindo para atravessarmos esses momentos de tamanha incerteza e preocupação.   Estavam presentes o presidente do Rotary Club de Adamantina, Paul Bruning, o coordenador da Fundação Rotária Ananias Ruiz, companheiro Antonio dos Santos e os representantes da Santa Casa Frei Matheus e Renato. O ROTARY CONECTA O MUNDO

Em 26/05/2020 por Rotary Club de Adamantina

Rotary Club de Adamantina faz doação de EPI´s à Santa Casa

Os associados ao Rotary Club de Adamantina fizeram, na tarde desta segunda-feira 25/05/2020, a entrega de 500 MÁSCARAS DE PROTEÇÃO e de 315 AVENTAIS à SANTA CASA DE ADAMANTINA para utilização por profissionais e atendentes de pacientes da pandemia COVID-19. A Aquisição desses materiais foi viabilizada pela destinação de verba aos clubes, através da governadoria do distrito 4510, representada pelo companheiro governador Marcos Carchedi. O Rotary demonstra que neste momento o que mais importa é estarmos conectados, todos juntos trabalhando e contribuindo para atravessarmos esses momentos de tamanha incerteza e preocupação.   Estavam presentes o presidente do Rotary Club de Adamantina, Paul Bruning, o coordenador da Fundação Rotária Ananias Ruiz, companheiro Antonio dos Santos e os representantes da Santa Casa Frei Matheus e Renato. O ROTARY CONECTA O MUNDO

Em 26/05/2020 por Rotary Club de Adamantina

Rotary Club de Osvaldo Cruz Califórnia do Distrito 4510 do Rotary Internacional, faz entrega de 2.376 fraldas geriátricas ao Lar São Vicente de Paulo de Osvaldo Cruz.

Na manhã deste sábado 23/05/2020, o Presidente interino do Lar São Vicente de Paulo de Osvaldo Cruz, Mauro Clivelaro, acompanhado do tesoureiro Noel Florêncio Silva e da Assistente Social Nadir de Oliveira Amorim (Tita), receberam das mãos do Presidente do Rotary Club de Osvaldo Cruz Califórnia do ano rotário 2019-2020, José Divino Rosália, 2.376 fraldas geriátricas. Representando os demais rotarianos do clube estiveram presentes na entrega desta doação: Carlos Alberto Freitas (Presidente Eleito 2020-2021), e José Carlos Guimarães (Imagem Pública). Segundo o tesoureiro da entidade Noel Florêncio Silva,  a doação chegou em um momento de real necessidade, devido a crise econômica que estamos atravessando por conta da pandemia do corona vírus - COVID-19, todos os eventos que estavam programados para serem realizados em prol da entidade, foram cancelados, e os recursos para suprir essa, e outras necessidades foram afetadas. “Portanto todas as doações que recebemos como essa, que o Rotary Club de Osvaldo Cruz Califórnia, está fazendo para nossa entidade, são de grande valia, e muito benvindas devido à demanda deste produto ser grande para suprir as necessidades higiênicas dos nossos internos, afirmou Noel”. O Rotary Club de Osvaldo Cruz Califórnia,  com união e o companheirismo nos leva a atender as necessidades de uma entetidade que se dedica aos cuidados com os idosos.  “O Rotary Conecta ao Mundo”  Fonte: Rotary Club de Osvaldo Cruz Califórnia Imagem Pública: José Carlos Guimarães

Em 23/05/2020 por Rotary Club de Osvaldo Cruz-Califórnia

O uso correto da marca do Rotary, seguem as orientações

Como vocês já sabem, cada vez mais temos recebido casos de uso indevido do logo do Rotary em comunicações que não são feitas pelo RI e também para promoção de assuntos que não se relacionam com a organização.  Para tentar reduzir o número dessas incidências, preparei um texto instrutivo para que os rotarianos que ainda não sabem as regras de utilização possam ficar familiarizados com as mesmas e, ainda, para tentar reforçar a ideia de respeito ao uso da marca entre aqueles que já conhecem as regras, mas não as seguem. Peço a gentileza de divulgarem para os rotarianos de suas regiões. Sei que o assunto já é um tanto desgastado entre os representantes de IP, mas reforço a importância de que estejamos sempre repassando essa mensagem do uso correto do logo para reduzir os casos de uso inapropriado.  A última notificação que tivemos foi do uso do logo em comunicações que promovem o uso da cloroquina contra o coronavírus.  Vocês sabem, tão bem quanto eu, que o Rotary não se manifesta quanto a esse tipo de assunto, e ver o nome da organização nesse tipo de comunicação pode ser extremamente prejudicial a nossa marca. Por isso, reforço aqui o pedido de que instruam sempre que possível sobre o tema.  Seguem as orientações conforme texto abaixo: Logotipos do Rotary: você sabe como usar corretamente?  O Rotary é uma organização internacional que trabalha com projetos humanitários e proporciona a oportunidade de conhecer pessoas de diferentes áreas. Assim, você pode divulgar suas opiniões sobre diversos assuntos e colocar o logotipo da organização para dar mais força ao seu tema. Certo? Errado. Como toda organização, o Rotary também tem regras quanto ao uso de sua marca e se você as seguir, vai nos ajudar a ter uma comunicação mais efetiva com as pessoas dentro e fora do seu clube e distrito.  Então, o que eu posso e o que eu não posso fazer?  Vamos começar pela parte mais legal, o que você pode fazer. Você pode usar o logo do seu clube ou distrito para divulgar as atividades relacionadas a eles. Pode colocar o logo em anúncios de reuniões, convenções, webinares, palestras, projetos, etc. Resumindo: o conteúdo se relaciona a qualquer evento ou atividade que vai ser realizada por seu clube ou distrito? Então, pode usar o logo do mesmo.  Se você não souber onde encontrar ou como produzir o logo do seu clube ou distrito, você pode buscar as instruções no nosso Brand Center (https://brandcenter.rotary.org/pt-PT) ou entrar em contato direto com a equipe do escritório do Rotary no Brasil (https://rotary.org.br/contatos). Vale lembrar que os logos que podem ser usados por clubes e distritos são aqueles que levam a marca do Rotary e, ao lado, a assinatura do clube ou distrito.     O que eu não posso fazer?  Como associado do Rotary, é importante que você contribua para que nossa comunicação seja clara com todos os nossos públicos, por isso, pedimos que NÃO use o logo do Rotary (Marca Mãe – nome do Rotary e roda rotária) sem a assinatura do clube ou distrito em qualquer comunicação.  E por quê? Porque o logo do Rotary é usado para identificar as comunicações institucionais do Rotary International, ou seja, apenas as comunicações que representam a organização como um todo é que podem usar o logo do Rotary. Essas comunicações podem ser produzidas apenas pela nossa sede em Evanston ou pelos escritórios internacionais do Rotary.  Dessa forma, todos aqueles que receberem uma comunicação com o logo do Rotary saberão que se trata de uma mensagem oficial da organização. Isso torna nossos processos mais claros e nossa mensagem mais eficaz para nossos públicos internos e externos.  É importante destacar que a correta utilização do logotipo do Rotary não é apenas uma recomendação e, sim, faz parte do código normativo da organização, o qual todos os associados devem seguir:  Uso do emblema e outras Marcas do Rotary por entidades rotárias O nome “Rotary”, quando usado isoladamente, diz respeito à organização Rotary International como um todo, inclusive seus ideais e princípios. Todas as atividades, projetos e organizações de clubes, distritos, grupos multidistritais e outras entidades do Rotary devem incluir identificadores dos clubes, distritos, grupos multidistritais ou outras entidades do Rotary ao usar o nome “Rotary”, o emblema rotário ou outras Marcas do Rotary.  Como eu posso contribuir para tornar a comunicação do Rotary mais eficaz? Seguir a correta utilização do logotipo já é um bom começo. Utilizar o logo de seu clube ou distrito em suas mensagens ajuda o público a saber quem exatamente está organizando aquele evento, projeto ou atividade em que você está envolvido. É importante saber também que, como organização humanitária, o Rotary NÃO se pronuncia sobre questões políticas. Portanto, o nome da organização nunca deve ser usado para promover assuntos não relacionados a suas atividades. Isso inclui ainda não usar o logo da organização para promover datas comemorativas, apresentações, manifestações, uso de produtos e medicamentos ou quaisquer outros temas que não tenham o suporte institucional do Rotary. Se tiver dúvidas sobre o posicionamento da organização em relação a qualquer assunto, consulte o escritório do Rotary no Brasil (https://rotary.org.br/contatos). Seguindo essas instruções, você contribui para uma melhor divulgação do nome da nossa organização e do trabalho de seu clube e distrito.  Contamos com você! Ligeia Stivanin Coordenadora Regional de Imagem Pública Aurea Santos Especialista em Comunicação Rotary.org Telefone: 11.3217.  

Em 22/05/2020

Reuniões Segundas-Feiras | 20:00
Rua Aimorés, 501 HOTEL QUALITY SUN VALLEY,000 Cep: 17502-276